Meu humor


Arquivos

    Categorias
    Todas as mensagens
     Evento
     saiu na mídia

    Outros links
     Maternidade São Luiz
     Cryopraxis
     Madres con Ruedas
     Na Luta
     ASSIM COMO VOCÊ
     Tocando as rodas
     Mão na Roda
     Agencia Inclusive
     Mobility Brasil
     Lilla Ka
     Flávia Cintra
    Contato




    Memórias de uma mãe cadeirante
     


    Papo cabeça

    - Mamãe, por que você não anda de pé?

    Eu sempre respondo a verdade para os meus filhos e eles sabem disso. Encarei aquele par de olhinhos amendoados bem abertos, atentos, esperando minha resposta e vi que estávamos iniciando um diálogo muito importante.  Respirei e respondi:

    - Filha, por que a mamãe anda de cadeira de rodas. A mamãe é diferente...

    E ela me interrompeu:

    - Eu já sei que você é diferente, mamãe! E tem aquelas outras pessoas que também são diferentes. Mas, por que?

    Entendi, então, o que ela queria saber. Fiquei surpresa porque eu achava que teríamos essa conversa daqui uns 2 anos. Segui a lógica de falar a verdade, simplificando as informações para facilitar a compreensão. Contei que tive o acidente, que por isso eu só ando na cadeira e dei todos os detalhes que ela pediu. Então, satisfeita, ela disse:

    - Ah, bom. Agora eu entendi.

    E saiu correndo. Fiquei parada, pensando no que tinha acabado de acontecer. Ouvi Mariana chegando no quintal e dizendo para Mateus:

    - Ela não anda de pé mesmo.

    - Eu sabia.  

    - Ah... Que cheiro é esse?

    - É o meu pum.

    - Mamãe, o Mateus quer fazer cocô!

    - Não quero não, mamãe. Foi só um pum. Quando eu quiser, eu aviso, Mariana!



    Escrito por Flavia Cintra às 20h03
    [] [envie esta mensagem
    ] []





    Outra da Lya Luft

    O verdadeiro amigo nos aguenta e nos chama, nos dá impulso e abrigo, e nos faz ser melhores:

    Como o verdadeiro amor.



    Escrito por Flavia Cintra às 15h08
    [] [envie esta mensagem
    ] []





    Amo esse barulho!

    Barulho de conversa fininha

    Barulho de correria pela casa

    Barulho de brinquedos musicais

    Barulho de xixi caindo no pinico

    Barulho de risada

    Barulho de velotrol

    Barulho de gritaria das brincadeiras

    Barulho de boneca que fala

    Barulho de sirene de carrinho

    Barulho de desenho animado na tv

    Barulho de choro, de comemoração, de espremedor de frutas fazendo o suco da hora do almoço.

    E o barulhinho da respiração pesada deles, dormindo, exaustos depois de fazer tanto barulho o dia todo.



    Escrito por Flavia Cintra às 14h19
    [] [envie esta mensagem
    ] []





    Dedicação total a você!

    Gente,

    Não foi ilusão de ótica. O comercial LINDO que falei ontem é este aqui. Vejam se não concordam...



    Escrito por Flavia Cintra às 23h36
    [] [envie esta mensagem
    ] []





    ...mais esperança

    Estou emocionada.

    A TV ligada aqui no meu quarto e a música me chamou atenção. Quando olhei, vi um clipe de mães cercadas de seus filhos em um comercial temático para o dia da mães. Entre as mães, há uma cadeirante com seus filhos no colo! Acho que eram dois. Estou aqui de plantão para ver se passa de novo, quero assistir com atenção. Ainda não tem nada no youtube, que desespero!

    Nem acredito, o mundo está mudando... viva a Luciana!



    Escrito por Flavia Cintra às 22h13
    [] [envie esta mensagem
    ] []





    ...mais palavras

    Fico encantada com a fluência das minhas crianças. Eles argumentam, justificam, defendem um ao outro, elaboram pensamentos em frases complexas, nos tempos verbais certinhos.

    É interessante ver como se apropriam de regras gramaticais e aplicam seu uso intuitivo na prática. O “eu sabio” é um exemplo genial disso. Se para fazer é “eu faço”, se para brincar é “eu brinco”, então... para saber é “eu sabio”! É essa a lógica deles que ainda não incorporaram os verbos irregulares no vocabulário. Acho a coisa mais linda do mundo ouvir um “eu sabio”.

     



    Escrito por Flavia Cintra às 14h12
    [] [envie esta mensagem
    ] []



     
      [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]